O PILATES PARA GESTANTES E A QUALIDADE DE VIDA

Qualidade de vida: é assim que podemos resumir a prática de pilates para gestantes. Um exercício como o pilates é sempre benéfico para mãe e bebê, desde que feito de forma correta e orientado por um profissional capacitado.
Mas, afinal, como considerar um profissional apto para dar aulas e orientar exercícios de pilates para gestantes?

O QUE É UM INSTRUTOR CAPACITADO PARA DAR AULAS DE PILATES À GESTANTES?

Qualquer instrutor desta prática deve ser formado por uma empresa especializada e ter acompanhado, entre outras aulas práticas e teóricas, aulas relacionadas ao pilates durante a gestação. Um instrutor capacitado para mães e bebês (que ainda estão na barriga!) é aquele que conhece as fases da gravidez e sabe de todas as possíveis mudanças e transformações que a mulher enfrenta em cada uma destas fases.

OS TRIMESTRES DA GESTAÇÃO E AS MUDANÇAS NO CORPO DA GESTANTE

O pilates para gestantes, quando instruído por alguém capacitado e formado por uma instituição séria, tem seus exercícios adaptados para cada trimestre da gestação e conforme a condição física de cada mamãe em particular.

No primeiro trimestre, todas as sensações e sintomas são mais intensos, os peitos aumentam e a vontade de urinar é mais frequente. Já no segundo trimestre, o centro de gravidade da gestante se desloca para frente, porque a barriga aumenta. Podem ocorrer dores nas costas. No terceiro e último trimestre, as gestantes podem ter dificuldades para respirar e percebem mudanças na pelve.

AS VANTAGENS DO PILATES DURANTE A GRAVIDEZ

Todos os exercícios repassados por um instrutor totalmente apto são de baixo impacto, para que não haja sobrecarga das articulações e devem ser praticados com muita calma e controle. Para as mamães, as aulas auxiliam na estabilização da coluna lombar, na melhora da postura e na redução de dores, além de fortalecerem o assoalho pélvico. Quando instruída por um especialista, a prática também reduz dores em geral, melhora a qualidade do sono e a circulação do sangue e ajuda a controlar o peso.

E mais: o uso da respira

ção não apenas é fundamental para uma aula tranquila, mas facilita e melhora a oxigenação do bebê! Aulas de pilates para gestantes são recomendadas, por instrutores especializados, apenas até o oitavo mês de gestação, praticadas duas ou três vezes por semana.

AO INSTRUTOR DE PILATES: CAPACITE-SE CADA VEZ MAIS!

O texto acima é uma também um texto orientador para instrutores e instrutoras de pilates. Portanto, temos um recado importante a ser deixado também para eles: ser reconhecido como um profissional do pilates capacitado para aplicar suas aulas, inclusive para gestantes é, sem dúvida, uma forma de se destacar no mercado. Procure o melhor para a sua profissão, sempre!

Segurança:

Parceria:

Contato:

(11) 3541-2474
(11) 99710-2233 (WhatsApp)

Sede:

Avenida Paulista, nº 726 - Cj 1403

Siga-nos: